ANO DO LAICATO (2) « Paróquia de São Judas Tadeu
Voz do Pastor › 01/04/2018

ANO DO LAICATO (2)

Nesta nossa caminhada no “Ano do Laicato“, tempo propício à reflexão e (re) descoberta, deparamo-nos intensamente com a realidade-base de nossa Igreja, à qual tudo se direciona, para a qual tudo precisa caminhar, ou nada faria sentido: o leigo. Cristo veio para o seu Povo! Do povo retirou servidores e os fez servir a todos… E esse “todos” não exclui ninguém. E esse “todos” não concebe ninguém como maior, nem menor…

E então… vamos buscar a origem da palavra “leigo“, nosso foco aqui: as pistas que virão agora serão muito importantes.

Vocês devem se lembrar, que em nossa última conversa, falávamos de uma visão equivocada que ainda hoje perdura “por aí”, mas talvez a confusão tenha a sua gênese no surgimento da própria palavra, isto porque o termo não é bíblico, ele advém do grego “laikós“, e só no fim do primeiro século cristão será usado pela primeira vez, com Clemente, Bispo de Roma. Escrevendo à comunidade de Corinto, ele usou a palavra numa direção negativa. Não uma direção ruim, pelo contrário! Ele se preocupou em mostrar aquilo que o leigo “não é”: não é bispo, não é sacerdote, não é diácono. O leigo é o cristão não ordenado, e compõe a maior parte da Igreja, e é o sentido primeiro da missão: aos ordenados cabe servir aos leigos, alimentá-los com os sacramentos, acolhê-los em seus carismas, servi-los a partir do altar! E aos leigos? Cabe muita coisa, muita mesmo, e assim é preciso se reinventar, cotidianamente, incessantemente. É muito trabalho, são muitas realidades!

No entanto, há que se reconhecer que a visão negativa da palavra “leigo” acabou por se estabelecer, ao longo da história, e a se introjetar pouco a pouco na Igreja. Isto porque a palavra grega tem, por sua vez, a base no termo “laos“, cujo significado é o de “massa“, de multidão; e a tradução bíblica da Septuaginta, bem como de umas tantas traduções que virão adiante, dará uma conotação pesada à palavra, pejorativa mesmo, fazendo com que se tome o leigo como aquele que não é qualificado, e, portanto, nesse sentido, seria inferior aos seus “chefes”. Diante disso, como não esperar que as distorções acontecessem? Claro que viriam, e perdurariam… com as consequências que verificamos até hoje! Por isso, é tão urgente a reflexão! Todos precisamos entender e valorizar a plenitude da identidade e da missão que o leigo carrega! Porque o dia a dia, com suas realidades variadas, em suas culturas igualmente diversas, só poderá se transformar se os leigos e leigas perceberem e assumirem quem são! Só assim poderemos, como Igreja una, em comunhão, evangelizar, porque só assim, a Igreja poderá transpassar muros e ir ao encontro de todos, de verdade. Com vida autêntica, testemunho forte, o cristão leigo pode muito, a missão se expande em maior velocidade, os desafios são redescobertos em linguagem de agora. Por isso, é a hora de cada leigo olhar para dentro de si, redescobrir sua identidade, seu chamado batismal, e, com  perdão da linguagem comum, “arregaçar as mangas”, imediatamente! É urgente valorizarmos quem cada um é, pois daí irá derivar uma ação capaz de arrastar: é dessa maneira que vamos atuar como devemos! Por isso, pergunto: quem se habilita? Quem aceita viver a aventura da (re) descoberta de si, para encontrar, para muito além do que não é, as tantas facetas que tem? Quem assume a parte do Cristo, da semelhança com o Cristo, que ninguém mais pode expressar?

Não dá pra esperar mais. Leigos e leigas, vamos em saída! A parte de cada um na missão é insubstituível. Não deixem o serviço passar.

Pe. Carmine Pascale
Pároco da Igreja São Judas Tadeu, em Icaraí
Arquidiocese de Niterói – RJ

Print This Post

HORÁRIO DE MISSAS
Horário_Missas_03

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIVO OU GRAVAÇÃO Cadastre-se na nossa Newsletter
CALENDÁRIO PAROQUIAL
VEJA +
  • Nada agendado para hoje
AEC v1.0.4
A PARÓQUIA

Conheça a nossa história, as pessoas que estão conosco, o nosso testemunho de fé e as atividades do dia a dia. COMO CHEGAR, FALE CONOSCO, SECRETARIA PAROQUIAL

ENQUETE
Você acessa este site para ..?
Ver o resultado