Paróquia de São Judas Tadeu
Voz do Pastor › 01/02/2018

Temos ouvido muito por aí que 2018 vai passar “voando”, tal é o número de eventos e acontecimentos importantes previstos. Seja na política, na economia, no esporte, ou em tantas outras direções, sem dúvida muitas coisas apontam para grandes debates e vivências “apaixonadas”. No entanto, se pensarmos bem, não significam nada que altere o curso do tempo. Temos os mesmos 365 dias para evangelizar, os mesmos 365 para dar testemunho cristão, os mesmos 365 para acolher, denunciar o mal, trabalhar pela paz, pela justiça, pelo bem comum.

Pensemos nisso! Em tempos de discussão acerca de “fake news“, em que notícias vão sendo distribuídas de forma apressada e sem a devida preocupação com a verdade, tudo se torna muito fluido, e o risco atinge até a nossa própria vida! Vamos nos acostumando com a superficialidade, transformando a imagem que passamos e a que temos do mundo em imagens verossímeis, talvez, mas que não constroem nada, porque nada pode ser construído sobre uma base falsa!

Queridos irmãos em Cristo, vamos aproveitar cada um desses 365 dias – ou dos que agora nos restam, afinal um mês já foi – para fazer o que melhor nos cabe: vamos transformar o que temos aí, sem reclamar do passado nem tentar viver de um futuro que nem sabemos se virá. Vamos tomar a realidade que temos diante de nós, a Igreja que somos, e vamos trabalhar para que o Reino seja de fato, desejo de todos. Vamos buscar o encontro, o diálogo, a defesa da vida, o respeito à família, à dignidade humana.

Precisamos extirpar de nossas realidades toda forma de violência. Aliás, a CF de 2018 nos falará sobre este tema! Com muita razão de ser, porque o que estamos vivendo a todo momento é, de alguma maneira, o sentimento da violência sempre maior, e pouco a pouco assumida como normal. Até em nossas falas, em nossos pensamentos, em nossas manifestações em rede social. Um absurdo, sabemos disso! Mas o fato é que já estamos verificando uma volta da “lei de Talião”! Vamos nos esquecendo do Evangelho e vemos a sociedade retroagir ao “olho por olho…”. E a justiça vai sendo novamente substituída pela vingança. E a sociedade pacífica e ordeira de que tanto nos orgulhamos historicamente está cada vez mais se transformando em um celeiro de violência de todos os tipos. Ou não é assim?

Que em 2018, nos dias que nos restam dele, possamos caminhar como católicos de verdade, de fibra, coerentes com a nossa fé! Que não permitamos que a violência entre em nossas casas, em nossas famílias. Que nossas reações sejam sempre de acolhimento e diálogo, jamais de violência física ou moral. Que desejemos construir mais pontes do que muros. Que desejemos encontrar mais as pessoas do que vivenciar encontros virtuais. Que as cercas que colocamos para tentar afastar o perigo não possam afastar os amigos e as possibilidades de fazer o bem. Que a internet e a TV não insiram em nossas mentes e na de nossas crianças e jovens o mal que queremos combater. Desliguemos os BBB da vida, que só servem para propagar aquilo que queremos combater, e usemos o tempo para amar mais nossas famílias, conviver mais com essas crianças e jovens, tão perdidos em excesso de informação. Ajudemos para que tenham um olhar crítico da realidade, sendo capazes de discernir o caminho do bem e escolher não aquele mais fácil, mas aquele que segue em direção a Cristo e sua Palavra que salva. Ajudemos, para que lhes importe mais ser do que ter: não deixemos que eles se apaixonem pelo efêmero, o que passa, o que tão pouco importa!

Sigamos pelo ano de 2018 com o olhar voltado para o Alto, mas os pés no presente, compromissados, pois para isto viemos, para isso somos cristãos!

Pe. Carmine Pascale
Pároco da Igreja São Judas Tadeu, em Icaraí
Niterói – RJ

Print This Post

HORÁRIO DE MISSAS
Horário_Missas_03

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIVO OU GRAVAÇÃO Cadastre-se na nossa Newsletter
CALENDÁRIO PAROQUIAL
VEJA +
  • Nada agendado para hoje
AEC v1.0.4
A PARÓQUIA

Conheça a nossa história, as pessoas que estão conosco, o nosso testemunho de fé e as atividades do dia a dia. COMO CHEGAR, FALE CONOSCO, SECRETARIA PAROQUIAL

ENQUETE
Você acessa este site para ..?
Ver o resultado