Os vestidos das princesas da Disney foram inspirados pela Virgem Maria? « Paróquia de São Judas Tadeu
Artigos › 25/06/2018

Os vestidos das princesas da Disney foram inspirados pela Virgem Maria?

Disney (R)

Desde Elsa até Cinderela, todas essas princesas podem exibir uma conexão oculta com a Mãe de Jesus

Como heroínas para garotas em todo o mundo, as princesas da Disney são imensamente populares. Curiosamente, muitas delas usam azul – seja Bela de A Bela e a Fera quando ela descobre a biblioteca, Aurora de Bela Adormecida, Jasmine de Aladim quando ela confronta Jafar, Cinderela quando vai ao baile, ou até mesmo Wendy em Peter Pan quando ela voa para a Terra do Nunca. Até mesmo a roupa da Elsa de Frozen é azul-esverdeada.

Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute, explicou o significado dessa cor em uma entrevista à revista Allure. Azul – em todas as suas tonalidades – é uma cor ligada ao universo dos sonhos. Ela transmite “confiabilidade, constância e lealdade”.

Azul, cor do oceano e do céu, também lembra as viagens e a descoberta de terras distantes – características do espírito aventureiro e independente que a Disney, indiscutivelmente, desejava dar às suas heroínas. “Você está adicionando um pouco de poder ao personagem ao lhe dar o azul”, explica Eiseman. “É uma maneira muito sutil de dizer: ‘Sim, mulheres jovens, garotas jovens, também podem ser fortalecidas’”.

O manto azul da Virgem Maria

No entanto, e se essa cor também evocar algo um pouco mais espiritual? Até onde sabemos, a Disney não mencionou a Virgem Maria ao explicar as cores usadas por suas princesas. No entanto, parece pouco provável que os todos os estilistas que selecionam as cores de roupa para as princesas não tenham conhecimento e não sejam influenciados pela tradição de associar o azul com a mulher conhecida como a Rainha do Céu: Maria.

Na arte religiosa, a Virgem Maria é quase sempre mostrada em um manto azul. Esta tradição remonta pelo menos à Idade Média, um período em que a devoção mariana estava crescendo rapidamente. Uma explicação é que, naqueles dias, os fiéis escolheram vestir Nossa Senhora em uma cor com pigmentos caros; o lapis-lazuli, uma pedra azul, era tão precioso que custava tanto quanto ouro, se não mais. Quando usado como pigmento, foi reservado para representações da Virgem Maria.

Há também mais para a história; o azul é uma cor de significado místico e real, encontrada na Bíblia e nas tradições artísticas bizantinas. Muito mais tarde, esta associação parece ter recebido alguma confirmação sobrenatural; em 11 de fevereiro de 1858, a jovem Bernadette Soubirous vivenciou uma aparição da Virgem Maria em Lourdes: “Vi uma senhora vestida de branco: ela usava um vestido branco, além de um véu branco, um cinto azul e uma rosa amarela em cada pé”, a jovem garota descreveu mais tarde.

A cor azul acalma a alma e a chama a olhar acima e além. Talvez seja isso que as princesas da Disney pretendem evocar nas jovens espectadoras, e certamente as imagens da Rainha dos Céus estão sempre nos convidando a fazer o mesmo.

Por Redação da Aleteia

Print This Post

HORÁRIO DE MISSAS
Horário_Missas_03

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIVO OU GRAVAÇÃO Cadastre-se na nossa Newsletter
CALENDÁRIO PAROQUIAL
VEJA +
  • Nada agendado para hoje
AEC v1.0.4
A PARÓQUIA

Conheça a nossa história, as pessoas que estão conosco, o nosso testemunho de fé e as atividades do dia a dia. COMO CHEGAR, FALE CONOSCO, SECRETARIA PAROQUIAL

ENQUETE
Você acessa este site para ..?
Ver o resultado