Papa Francisco nomeia Bispo auxiliar

O Papa Francisco nomeou hoje, 10 de maio, Monsenhor Luiz Ricci como Bispo auxiliar de Niterói (RJ), acolhendo a solicitação de Dom José Francisco, de poder contar com a colaboração de um bispo auxiliar.

Padre Luiz Antonio Lopes Ricci, é natural de Bauru – SP, nasceu em 16 de maio de 1966, sacerdote da Diocese de Bauru – SP. Ordenado Diácono em 26 de Dezembro de 1996 e Sacerdote em 10 de Julho de 1997. Cursou Filosofia no Seminário Provincial Sagrado Coração de Jesus e Teologia no Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos, ambos em Marília – SP, Centros de Formação da Província Eclesiástica de Botucatu.

Convalidou os Cursos de Filosofia pela Universidade do Sagrado Coração (USC), em Bauru e de Teologia pela Faculdade João Paulo II (FAJOPA), em Marília. Possui Mestrado e Doutorado em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Lateranense – Accademia Alfonsiana, de Roma. Fez pós-doutorado em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo, cuja pesquisa acaba de ser publicada pela Editora Paulus, com o título “Morte Social: Mistanásia e Bioética”. É vice-líder do grupo de pesquisa “bioética e direito” do Centro Universitário Eurípedes de Marília (UNIVEM). Foi Reitor do Seminário Provincial Sagrado Coração de Jesus (2000 -2004) e Diretor Executivo da Faculdade João Paulo II.

Foi Pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus, em Cabrália Paulista, Administrador da Paróquia de Santa Teresinha, em Paulistânia e Pároco da Paróquia Santa Maria, em Piratininga. Também foi Coordenador Diocesano de Pastoral, membro do Conselho Presbiteral e Vigário Geral da Diocese de Bauru.

Atualmente é Diretor da Faculdade João Paulo II, em Marília e Professor Titular de Teologia Moral, Bioética e Virtudes na mesma Instituição. É pároco da Paróquia São Cristóvão, em Bauru, Assessor Diocesano da Pastoral da Criança e membro do Colégio dos Consultores.

Padre Luiz Ricci disse em carta endereçada a toda a comunidade arquidiocesana: “No ano Nacional Mariano, no Tempo Pascal e no Domingo do Bom Pastor, venho por meio desta manifestar minha sincera gratidão a Deus, Uno e Trino, pelo dom da vida cristã, vocação sacerdotal e por me chamar, por meio da Igreja, na pessoa do Santo Padre, o estimado Papa Francisco, para o Ministério Episcopal, nomeando-me Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Niterói. Confesso que fiquei surpreso com a nomeação, acolhida com gratidão e confiança, após intenso e sofrido discernimento. Sempre acreditei e experienciei que quando Deus dá uma missão, oferece-nos também os meios para bem cumpri-la, em seu nome, por amor e com amor. Diante de tantos fatos que ocorreram em minha vida posso afirmar: “Senhor, em tudo engrandeceste e glorificaste o teu povo, sem deixar de assisti-lo, em todo tempo e lugar o socorreste” (Sb 19,22). Chegou a hora de partir, pois “há um momento oportuno para cada coisa debaixo do céu” (Ecl 3,1). (…)

Minha saudação primeira vai para a Arquidiocese de Niterói, pela qual rezo desde a minha nomeação e que em breve me acolherá. Saúdo o caríssimo pastor e irmão Dom José Francisco Rezende Dias, nosso Arcebispo, que me acolheu de modo muito cordial e fraterno, o Arcebispo Emérito Dom Frei Alano Maria Pena, OP, o Presbitério, Religiosos e Religiosas, Seminaristas e Vocacionados, Pessoas de Boa Vontade, Autoridades, Meios de Comunicação e todo o Povo de Deus que serve a Cristo, Bom Pastor. Estarei entre vocês como servidor e aprendiz. Espero poder contribuir, contando sempre com a Graça de Deus. Após a comunicação que recebi com “temor e tremor” (Fil 2,12), a primeira imagem que me veio foi a da Ponte Rio-Niterói. Desejo ser um operário na Vinha do Senhor, construtor de pontes, na comunhão eclesial e solidária, colaborando para “aterrar os vales e aplainar montanhas e colinas” (cf. Lc 3,5), como anunciou São João Batista, Padroeiro da Arquidiocese de Niterói. (…)

Aproveito a ocasião para convidar e comunicar que a minha Ordenação Episcopal foi agendada de comum acordo, entre a Arquidiocese de Niterói e a Diocese de Bauru, para o dia 16 de Julho, Domingo, Memória de Nossa Senhora do Carmo, às 15h, em Bauru – SP.

Rezem por mim!

Que Nossa Senhora Auxiliadora, Co-padroeira da Arquidiocese de Niterói juntamente com São João Batista, intercedam por mim, para que eu possa permanecer nos passos e atitudes de Cristo, Bom Pastor, sendo testemunha de sua Ressurreição.

Obrigado Senhor! Confio e espero em Ti!”

Confira o comunicado de Dom José Francisco:

Veja o vídeo:

Por Arquidiocese de Niterói

Mensagem do Pe. Carmine e Paroquianos de São Judas Tadeu (clique para ampliar)

Print This Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


LITURGIA DIÁRIA

Evangelho: 12º Domingo do Tempo Comum

Santo: São Próspero

HORÁRIO DE MISSAS
Horário_Missas_03

Clique aqui para assistir Ao Vivo Cadastre-se na nossa Newsletter
CALENDÁRIO PAROQUIAL
VEJA +
  • Nada agendado para hoje
AEC v1.0.4
A PARÓQUIA

Conheça a nossa história, as pessoas que estão conosco, o nosso testemunho de fé e as atividades do dia a dia. COMO CHEGAR, FALE CONOSCO, SECRETARIA PAROQUIAL

ENQUETE
O que você espera para 2017
Ver o resultado